terça-feira, outubro 03, 2006

É tudo uma questão de ótica



E ainda tem muita gente querendo saber de que lado devemos começar a contar as vantagens de continuar se iludindo.

Ou por que as pernas nem sempre alcançam a cupidez, o desejo intrépido de invadir o outro, passar por cima sempre.

Caso você seja adepto dessa ilusão, clique aqui.

Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno