sábado, dezembro 09, 2006

Papo etílico


Não tem como evitar: o ano está chegando ao fim. Receitas para iniciar o outro, com melhor performance, não faltam. No menu das festas fartas ou não, o álcool marca presença.

Se duvidar, até o salgadinho inocente que você vai comer, desafiando todos os conselhos de nutricionistas e os adeptos da magreza, tem cachaça. É para dar o tom da massa.

E a gente já começa a ver na TV aquele velho slogan: se vai beber, não dirija ou de for quiser, se vai dirigir, não beba. Você conhece alguém que segue esta "norma"?

Argumentos para colocar álcool no dia-a-dia também não faltam: um encontro com amigos, a confraternização, a despedida de solteiro(a), o casamento, o aniversário, o batizado, o tanque do veículo, dentre outros.

O consumidor, com certeza tem muito a ver com a expansão da indústria do álcool e açúcar. E, antes que comece a comemorar passe aqui.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno