terça-feira, janeiro 23, 2007

Altemando


Realmente, a definição limita a emoção. É por isso que é difícil se fazer entendida quando quero expor os sentimentos. Por mais natural que seja, eu posso estar falando uma língua completamente desconhecida para quem ouve.

Digamos que eu esteja, neste momento, de ressaca emocional. Quando o filho nasce, acontece um misto de prazer com desgosto, ou seria, prazeres diferenciados? Um ser foi arrancado literalmente, das entranhas. E, quando ele parte, sai debaixo das asas acolhedoras, fortalecendo asas da liberdade, o misto emocional retorna, bombardeando a emoção, quase adormecida.

Ainda há dois seres alados, prontos para partir, só aguardando o momento oportuno. E como ficarei? pergunta que não quer calar. É um tal de segurar e soltar sem tamanho. Quem criou a maternidade é, sem dúvida, um ser de elevação infinita, porque não conheço lição maior que me faça crescer.

Estou como definiu Altemar Dutra, tão sentimental...
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno