terça-feira, janeiro 09, 2007

Nas ruas do Centro


Há séculos não ia ao Centro da Cidade, local batido por um bom período da minha vida. Tudo funcionava lá: além do comércio, os cinemas, o teatro e as paqueras. Melhor lugar para se encontrar, saber das novidades e sonhar com as vitrines? Praça do Ferreira, é claro! E quantos vexames me pregou o tal vento que lá existia... Gente, a Cidade está sem ventilação.

Lembro que naquela época, por imposição materna, eu usava um cabelo enorme e andava de saias rodadas. Exagero meu, quase rodadas. Com as mãos cheias de pacotes e livros, não sabia o que segurar, se os cabelos ou a saia e o vento curtindo com a minha indecisão, me deixou inúmeras vezes à mostra, fazendo a festa dos meninos e idosos que lá ficavam esperando uma oportunidade.

Bem diferente hoje. Sem quase vento nenhum, a Praça do Ferreira é mais um ícone encostado. Os frequentadores ainda persistem, mas com conversas e sonhos diferentes. Para mim, um corredor pelo qual passei às pressas sem olhar com atenção para as vitrines. Mesmo assim, ainda estiquei o olhar para o prédio, que abrigava um dos maiores e melhores hotéis de Fortaleza, o Savanah.

O Savanah hospedou tanta gente importante, dentre elas o rei Roberto Carlos. Matei aula para ver o rei de longe, que acenava da sacada. Estava entretida com a paisagem disputada quando senti um baque fortíssimo atingindo em cheio o rosto. Fiquei tonta, com muita dor, e só depois soube que foi uma laranja atirada por não sei quem. Lógico que sofri com aquilo, mas me serviu de lição para deixar de ser "Maria vai com as outras" e me poupar do vexame.

Está me reprovando? E você nunca faltou à uma aula para fazer algo sem malícia nenhuma, só pelo prazer de burlar alguma regra mais ou menos sem sentido? Mas, voltar ao Centro da Cidade foi uma experiência e tanto! Apesar do calor, do desconforto, eu me senti fortalezense, misturando-me aos transeuntes lentos ou apressados.

Quer conhecer a Cidade? Vá ao Centro, nada melhor para conhecer de perto a cultura nossa. Os shoppings são legais, confortáveis e oferecem inúmeras opções, no entanto, nada como as ruas sinuosas, retas, quase limpas da nossa Fortaleza.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno