quinta-feira, fevereiro 08, 2007

Helen Keller, a mulher que lia com os dedos




Descobri-me madura depois de conquistar o respeito pela educação e, notadamente, pelos educadores. São seres fantásticos! Absolutamente imprevisíveis no desprendimento.




Realmente, a educação é a maior prova de amor que podemos passar adiante. O mundo é povoado, graças à providência divina, por almas disciplinadas, que já perceberam o advir.




Quando estou diante de um educador, experimento uma emoção inigualável. E na tentativa de chegar mais próximo, sem a pretensão de imitá-lo, trago para este espaço, a educadora Helen Adams Keller.




É vital conhecer a história dessa mulher.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno