quinta-feira, março 15, 2007

Na defesa do consumidor


Neste espaço tomo a liberdade de expor a minha opinião, ou melhor, os meus sentimentos com relação à nossa realidade. A defesa do consumidor quando começou encontrou resistência como toda mudança.


Foi na AM do Povo que a luta ganhou força. Todos os dias, pela manhã, a procuradora geral da Justiça, Socorro França tirava as dúvidas dos ouvintes e da população geral sobre os direitos de consumir produtos com qualidade e por preços compatíveis com o mercado.


Lembro, que eu mesma sofri discriminação, como dona-de-casa quando reclamava qualidade e preço dos produtos consumidos na minha casa. Aliás já escrevi aqui sobre isso.


A AM do povo não parou por aí, criamos ouvidorias outras, o momento do ouvidor para falar sobre os reclames e direitos na prestação de serviços.


O pioneirismo na informação e na prestação de serviços razões pelas quais o rádio está no ar, ainda, são argumentos vitais da Companheira.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno