terça-feira, setembro 04, 2007

Amigos


Rubem Alves diz bem: Amigos não se fazem são descobertos. São aquelas pessoas que mesmo sem conhecermos, amamos muito. Eu fito no pensar com relação a alguns leitores deste blog. Há internautas que voltam, comentam pensamentos para marcarem a sua passagem. Isso me dá uma grande satisfação.


Já disse aqui que a minha pretensão é ser cronista. Deitar o olhar sobre o que é bom e merece ser visto, lido com intenção de aproveitar a oportunidade. Sempre quando posso busco a amizade, que as vezes se esgueira desconfiada do meu olhar insistente. Noutros momentos se aconchega querendo colo da palavra acolhedora.


Sinto amizade por todos que passam por aqui. E quero "prendê-los" a atenção, num propósito único de fazer companhia. Eu tenho um monte de amigos. De todos os tipos. De todas as cores. Há aqueles que só de olhar me fazem um bem imenso. Outros me deixam mais viva, mais atenta. Outros ainda, me dão calma, experimento a mansuetude do olhar. Para essa amiga, a Grace, como costumo dizer, brinco com o seu jeito de ser delicado no falar. Pode até brigar comigo que vou continuar sorrindo atentamente.


Outros apenas me dão um alô, mas com tanta intensidade que a validade do cumprimento rompe anos afora.

Gosto de ter amigos, até mesmo os que me ignoram, sem nenhum despeito no pensar, como por exemplo, Rubem Alves, que de tanto talento, sempre dou um jeitinho de ficar mais próxima do que escreve.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno