segunda-feira, outubro 08, 2007

Sobre a vida como ela é


As biografias sobre pessoas famosas (eu não ouvi falar sobre os dados dos anônimos) tem uma certa atração. Se a pessoa está no pico, com certeza será um produto vendável e se o personagem em questão tiver se envolvido em algum escândalo, aí a mídia ocupada para esse fim, tirou a sorte grande.


Eu sempre vi com certa apreensão esse tipo de publicidade. Não estou aqui fazendo apologias contra, de forma nenhuma, porque as biografias são necessárias para nos entendermos no curso da vida. Mas, fico me perguntando se há algo além do interesse da venda.


A biografia do bispo Edir Macedo, com certeza vai ser recorde de vendas, principalmente porque o bispo exerce uma grande influência junto aos seguidores da Igreja Universal, que comprarão - arrisco aqui a previsão - por absoluto respeito, seguido de curiosidade sobre o que estão falando do líder. Outros também comprarão porque Edir Macedo conquistou uma fatia do mercado da comunicação, que está atraindo grande número de telespectadores.


A capa da obra é significativa: o bispo atrás das grades. Para alguns setores da sociedade, a prisão do bispo foi uma conseqüência de suas ações; para outros segmentos, uma tremenda injustiça. Ou seja, uma grande idéia esta de publicar a história de um dos homens mais conhecidos no mundo e não por ser apenas um líder religioso, mas sobretudo, um empresário com visão e televisão.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno