sexta-feira, dezembro 28, 2007

Brilhe


Que brilhe vossa luz! para esta festa não é necessário exibir convite e pode levar quem quiser consigo. Ninguém vai lhe barrar na entrada a não ser você mesmo. É permitido qualquer traje, de qualquer cor. Não é necessário combinar cores e marcas de sapatos e acessórios. O enfeite é você quem dá.


Ninguém vai reparar se está repetindo aquele vestido básico de sair à noite. Também ninguém vai lhe cobrar maior atenção e sorrisos. Para brilhar é preciso lembrar que a iluminação está dentro de si. Que os olhos podem até refletir as sombras do medo de um passado ainda presente.


Pode sentar em qualquer lugar, todos os espaços estão reservados para a elevação. O alimento será servido por igual aos presentes, e cabe a você a medida. Mate a sede, sorva líquido do conhecimento que vai nos libertar.


O convite que você não exibiu na entrada ofereça para a primeira pessoa que cruzar o seu caminho. Propague a idéia. Não mate a luz. Distribua lâmpadas e interruptores e ensine a usar. Assim, a sua luz vai brilhar!
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno