quinta-feira, fevereiro 07, 2008

No saque


Há coisas que a gente faz porque ninguém está olhando.

Outras, a gente faz e não se preocupa que tudo seja visto.

Acontece que nem tudo é olhado com os olhos do dono.

É o que acho a respeito dos cartões corporativos, cheque sem limites para uma vontade danada de gastar sem responsabilidades.

Só que a tudo a gente responde, cedo ou tarde, mas responde!
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno