terça-feira, maio 20, 2008

Crescendo na Terra


A Terra, o Planeta que nos abriga, nos obriga a deixar a matéria, que abraça a luz emergente que somos, a continuar por aqui. É devido a essa ordem, que muitos de nós insistimos em mantê-la lotada, assombrando os corpos vivos.

Apresento a pretensa definição simples - quase simplória - com o pensar voltado aos desencarnes coletivos no lado ocidente da Terra. Simultâneo ao apelo para que uma vez, ao retornarem à casa, que se sintam novamente filhos bem - vindos.

A Terra, no contínuo crescimento dos seus habitantes é por isso um lugar de transitória morada
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno