segunda-feira, setembro 08, 2008

É só promessa



Ainda bem que o voto é secreto, já pensou o eleitor ter que explicar por que não votou em determinado candidato?


Lembra aquele sonho de adolescência de querer ser mais bonita, quando a gente ia reunindo a boca de fulana de tal, a sobrancelha de outra estrela, os olhos de uma outra beldade e o cabelo de outra?


Pois é, estava ouvindo as promessas e os planos mirabolantes dos candidatos e fiz esse exercício. Juntei a promessa de um, reuni os delírios de um outro e fui arrumando o perfil da administração ideal. O resultado? Uma grande confusão.


Eu sei, eu sei que é necessário apresentar um objetivo de governo, mas precisa ser algo irrealizável? Não citarei aqui os exemplos por razões óbvias, mas peraí só porque tenho ouvido preciso ser castigada?


Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno