segunda-feira, janeiro 26, 2009

Agendando


As agendas sumiram? Deixaram de ser o objeto preferido de presentes nos finais de ano; no início do ano e subiram de preço! Hoje, a agenda está no computador, que alerta, que avisa e se possível fala para você o quanto é importante lembrar o aniversário da amiga.



A propósito tenho uma falha memorial enorme: não guardo nomes e muito menos data de aniversário. Isso já foi motivo para melindres de amigos meus que não esquecem o nome e muito menos a data do meu aniversário. Antes, até que disfarçava (mentia mesmo) sobre o tema, mas hoje, fazendo curso intensivo de lealdade de mim para mim mesma, xô mentira! Tô ficando idosa, não mentirosa.



Mas, falava sobre as agendas coloridas, cheias de folhas nem sempre com anotações ou borrões. E aquela chatice de repetir os nomes, os números de telefone e endereços eletrônicos. Já viciada no Ctrl C - Ctrl V, quem quer escrever? E além do mais, todo mundo muda de celular o tempo todo. Talvez agora seja menos com a tal da portabilidade.



Mesmo assim gosto da agenda. Ela é preciosa para as anotações de última hora, um aviso importante... o diabo é que esqueço qual foi a página que escrevi a nota que merece minha atenção. Mas, para isso precisamos de papel, não é verdade?


Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno