segunda-feira, janeiro 05, 2009

Arte solitária




Dos mujeres y un paisaje, de Victor Manuel.


Eu acho que começo a entender o processo tecnológico que está transformando o aparelho de TV tão bonito quanto uma obra de arte e cada vez mais fino. Dá para pendurar sem comprometer a estética do ambiente. Pelo contrário, belíssimo quadro e uma demonstração de bom gosto, de luxo!


Pendura-se ali o artigo desejado, que pela beleza volta para as salas de visitas da casa e nem precisa ser ligado. Para que mesmo? (esse que tem acento circunflexo?) A tecnologia está caminhando sozinha na estrada do bom gosto porque a produção televisiva, sinceramente, não compensa o investimento.


Como todo quadro de arte é para ser visto, revisto e nem sempre entendido. Eu confesso a ignorância diante da arte plástica. Já cheguei a sentir inveja da habilidade do artista. Ensaiei uns traços com pincéis, numa ousadia de comparar-me ao artista. O resultado foi desastroso, mas bem que pintaram uns fãs e levaram as telas.


Hoje, admiro e louvo a arte, mesmo aquelas em que os pintores jogam a tinta de qualquer maneira mais lembrando arte de meninos.


Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno