terça-feira, janeiro 27, 2009

Futurando


O meu maior medo de morrer é morrer de saudade da Terra. É por isso que eu peço a Deus, não me mate enquanto eu acreditar que o meu tempo é irremediavelmente finito.


Diante da súplica, o que faz o Criador? Devolve-me corpos variados e eu, vendo-os descartáveis vezes inúmeras, continuo na prece ao Alto: Senhor dai-me vida longa. Ele me mantem respirando ares espirituais, navegando em mares além dos sete terrenos. Diante de tanta fartura universal, quedo-me na pequenez no desejo de voltar à Terra.


Aqui embaixo, olho para o Céu e só vejo estrelas, bem à distância o pensar de que sou uma delas, com luz permanente, embora não pisque a fé para vida futura.

Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno