quarta-feira, julho 15, 2009

Dia do Homem




Uma data curiosa o dia do Homem. Quando li apenas o título da matéria, julguei de imediato, tratar-se do dia dedicado à Humanidade. Segui o ímpeto de pesquisar para divulgar largamente a data e sua importância. Surpresa!

É realmente o dia dedicado ao homem nosso de todos os dias. Entre risos, incertezas e muitos pontos de interrogações, prestamos uma homenagem no rádio. Afinal, faz parte do jornalismo contar a história e os fatos desenvolvidos pelas criaturas de Deus nascidas tanto na condição homem como na de mulher.


É claro que não estou "curtindo" com a figura masculina. Quando penso homem, lembro o meu pai, com quem sempre mantive uma relação de respeito e admiração mútuos.

Trate bem o seu homem. A maioria de nós mulheres ouvimos o conselho ainda pequenas. Conselho, recomendação, que virou prática obrigatória, infelizmente para muitas mulheres que vivem sob o jugo do medo, arma usada ainda por alguns machos.


Contudo, interpreto o tratar bem como fazer alianças, combinações para uma vida comum com os seus altos e baixos.


terça-feira, julho 14, 2009

Gratidão


Experienciar a gratidão é fundamental. Quando se agradece o sorriso para a vida é acolhedor. Tenho dois lados que o sorriso enaltece e disfarça: abro os lábios para colorir o cumprimento do dia-a-dia, para abraçar os que amo; e encubro o cenho franzido diante das dificuldades.


O diabo é que sou distraída demais para me dar conta da beleza do mundo. O azul, que denota um ceu profundo, como a natureza. As aves cúmplices da força da gravidade; o caminho pretencioso e ao mesmo tempo sábio dos rios.


Diante de tudo, continuo pequena e teimosamente irrequieta. Ah, euzinha...

Obrigada pela visita

Espero seu retorno