quarta-feira, janeiro 27, 2010

Sei não, mas ando assombrada. Acordei no meio da noite ouvindo o barulho da chuva. Foi um dia quente, eis a razão pela qual água do céu despenca sobre o teto. Um pensar me assusta e vejo(em cores) a água que toma conta de São Paulo, cidade poderosa, onde grande parte da população engorda os cofres de bancos, salários altos e posses sem cálculos.

A água me faz medo, nem sei por que o signo é de peixes. Nem sei nadar... quase perco o sono, quase pulo da cama para ver se não existia água escoando por algum local da casa. Experiência nada feliz vem a mente.

Acho que sou a única cearense que não fica feliz com chuva.E o que pensar dos moradores próximos ao arrepio das prioridades, com suas casas e o olhos alagados, que servem como pautas repetitivas?
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno