sexta-feira, maio 07, 2010

A propósito...

A gente desiste das pessoas ou dos propósitos e por qual propósito? Propositalmente, tem pessoas que de tudo fazem para nos fazer ver o que só elas veem. E só de propósito fazemos o mesmo.

A vida nos oferece tantas propostas que nem sempre dá para aprovar de imediato. É claro, que nem sempre é proposital.

A propósito, estava cismando o pensar mais uma vez sobre o que sonhamos e o que de fato queremos. Sabe, é como aquela vontade de comer quando o corpo não necessita de alimentos?

Por isso, proponho a mim mesma, respirar fundo pensando no estreitíssimo caminho das veias, só para escapar da tal porta larga.

quarta-feira, maio 05, 2010

Natureza


Natureza Humana desperta o pensar para olhar o cachorrinho que balança o rabo agitado. Num pula-pula chama atenção respondendo às indagações. Sai daqui cachorro fedorento, cabisbaixo vai para debaixo da poltrona. Num estalar de dedo, volta latindo feliz.

Reconhece o secador de cabelo usado no banho. Fugídio vence os degraus da escada e some na cor da parede branca que estanca o elevado. Campainha tocando, latido como resposta. Insistente retorna e espanta a visita. Basta um carinho na nuca e já se joga no chão fazendo graça.

Porta fechada, um último olhar para trás. Lá está ele, sentado sobre as patas traseiras, língua moleque e olhar atento, mas o silêncio é marca da despedida. Natureza de cão.

Obrigada pela visita

Espero seu retorno