terça-feira, dezembro 28, 2010

Pensando, pensando ...

Um novo tempo! Estava cismando o pensar a respeito da novidade temporal. O que é ser novo, estar mudando, se somos sempre agarrados a tantas cismas?

Eu sempre fui questionadora porque as respostas sempre estiveram em falta. Ou será que não as percebo? E se a percepção não é bem vinda?

Sempre escolhemos e nunca aceitamos administrar as consequências. É o tal de sempre pedir e sempre obter e nunca aceitar. Ser humana as vezes é tão desumano...

Só algo que nem pisco é na decisão de que devo construir algo bom, mesmo que nem perceba o ato. E aprender a questionar sem julgar.

Obrigada pela visita

Espero seu retorno