sexta-feira, fevereiro 25, 2011

Saudade

Saudade é aquele desejo sem retorno do que a gente quer reviver com o pensar de hoje.

Dai vem a tal da monotonia. Isso, porque na ânsia de viver cada dia mais rápido, saltamos o gosto das ocorrências.

Mas, como nem todo saldo é positivo e nem todo balanço indiscutível, ainda é tempo para deixar curtida a experiência do agora. E deixar que a saudade apenas nomeie o que não tem retorno.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno