terça-feira, setembro 20, 2011

No que me tange

No que me tange observar o mundo estou perdida tal qual estrela sem luz própria num firmamento, que ainda não compreendi como me comporta.

No que tange à lógica minha (nem sei se sou lógica o tanto quanto baste aos demais) sou livre num imenso mundo, que me emudece diante de uma nobreza infinda.

No mais, o melhor é conter os questionamentos - de onde vim para onde vou? - e comportar-me tal qual criança, que com olhos acesos, coração aos pulos, apenas estendo os braços para a graça maior.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno