quarta-feira, fevereiro 09, 2011

Por amizade

Tem certos momentos que olho ao redor e não vejo sorrisos de amigos. É ai que penso o quanto é necessário o reencontro.

Passo os dias interagindo com o computador, telefone ao lado, toda a tecnologia favorável para uma aproximação. Culpo a rotina com mil afazeres para não dar bom dia e perguntar para aquela amiga tão distante no circulo sobre a cor do dia.

É claro que há aquelas que o chamego é maior. O Google talk que o diga. Mas, mesmo assim é um tal de morrer o assunto e de um matar oportunidades. Peço aqui desculpas aos amigos, verdadeiros anjos, que sustentam as quebradas da esperança, o pisar falso do empenho...

Nesses anos todos que estou por aqui, nada mais é compensador - depois de assimilado - a crítica ferrenha de um amigo. Diferente na intencionalidade do adversário, um amigo enfurecido é o corretivo que Deus nos envia. Louvados sejam!

Obrigada pela visita

Espero seu retorno