quinta-feira, dezembro 01, 2011

Pelas matizes

A diferença entre a vida e a morte física. Uma você pega, agarra, sustenta. Da outra, você foge. Estava cismando o pensar sobre a passagem, que acredito ter volta,  questionando na minha ignorância sensata: o que farei a seguir?

Não sei se ficarei assustada. A vida já é cheia de espasmos emocionais. Ao retorno ao mundo espiritual, quando garota achava que seria mergulhar no breu. A falta de luz tomaria conta do meu ser. Mais crescida comecei a temer pela falta que faria aos filhos pequenos. Mais madura(acho que estou) tenho a sensação de que estaria em meio a um mundo sem compreensão.

Acredito que o maior sentimento é a saudade, que se confunde com o vazio, com o opaco, com o vexame. Uma certeza resta-me e certifico-me de que não sei lidar com essa realidade tão presente, tão próxima, tão inevitável.

A vida tem matizes que se modificam à proporção que a luz da fé nos ilumina!

Obrigada pela visita

Espero seu retorno