terça-feira, novembro 13, 2012

Caras

Não, não lamento as perdas. Relembro que nada se perde. Tudo se ganha.

Vivi paixões intensas - daquelas que doem o corpo, agitam a pele, estremecem os dias e provocam noites insones.

Vivenciei calmarias, daquelas que relaxam a vontade de estar junto a alguem que te provoca milagres.

Já tive o cara e também fui cara, até onde os melindres da insensatez afasta o bem querer.

Os ganhos são a chance de estar plena seja em qual for a situação: na dor, na alegria, no trabalho de ser gente.

Obrigada pela visita

Espero seu retorno