segunda-feira, janeiro 29, 2007

O que vi


Hoje ocupo o espaço para mostrar o que vi por aí e não gostei.


Desagrado meu para o homem que ainda chama a mulher de máquina de fazer filhos.


Para o cronista que critica quem tem coragem de se expor, sem medir aqui as razões.


Para mim, que deixei passar as oportunidades de dizer aos amigos o quanto eu os admiro.


Só agora estou assumindo a minha gratidão verdadeira aos anjos (é assim que os chamo, no íntimo) que Deus colocou no meu caminho. Naquele momento oportuno, na necessidade, na tristeza, na melancolia, na bisbilhotice, na farra e na sutil solidão que escolhia.


Não citarei os nomes porque os meus amigos, eles assim se reconhecem.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno