sexta-feira, março 16, 2007

Apenas um show


Navegando na Net, vi que hoje é aniversário de Bruno Barreto, um dos maiores cineastas do momento. Não tive ainda a oportunidade de conhecê-lo, mas foi trabalhando na redação da rádio O Povo, que cheguei a conhecer artistas que enlouqueciam as cearenses.


Fábio Júnior, no auge da carreira, foi um dos causadores do terremoto que destruiu o jardim da empresa O Povo. Foram tantas fãs enlouquecidas querendo vê-lo, tocá-lo, que fui obrigada a trancar a sala onde trabalhava para evitar que fosse machucada. Estava grávida do meu terceiro filho.


Da janela de vidro assistia sem ter a compreensão real do que ocorria: dezenas de mulheres em cima dos veículos a exibirem o corpo num convite desesperador. Algumas chegaram a promover streaptease, num gesto de admiração(?) Não sei, realmente, nunca fui à loucura por conta de um ídolo.


Fábio Júnior foi obrigado a escalar o telhado da sede onde funcionava a emissora e, lá de cima, cumprimentou e ensaiou duas músicas, numa tentativa de acalmar as mais afoitas. Qual nada! detonaram os jardins.


Foi uma cena improvisada, mostrando que a nossa equipe estava sempre pronta para os desafios. O comunicador Ronaldo César em cima do telhado, tentando se equilibrar com o microfone também enlouquecia as fãs. Que tempo glorioso!
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno