segunda-feira, março 19, 2007

Planta é notícia

Hoje saí para ver o dia de São José. Há quanto tempo não curtia água, areia e sol. Claro que fiquei metade sombra. Acontece que a pele do rosto resolveu rejeitar o calor. Para quem vivia na Praia do Futuro, curtindo tudo o que lá se oferece...

Mas, o que o meu dia de sol tem a ver com o meu tema do mês de março? Estava degustando um caranguejo saboroso, quando percebi a presença de um cameraman da TV Cidade e, olhando um pouco mais adiante, uma corajosa repórter, desafiando o calor.


O meu pensamento foi para o tempo de repórter da rádio Am do Povo 1010. Na produção, nem sempre o que colocamos no ar é factual. Não ficamos sentados esperando que algo aconteça para enviarmos um repórter. Saímos em busca de notícias. E tudo o que acontece em sociedade, na sociedade, merece ser mostrado? Nem sempre.
No entanto, lembro um fato interessante. Numa manhã de sábado, com tudo aparentemente calmo, sugeri ao repórter Renato Abreu que fosse verificar que tipo de planta, apontando para o futuro um árvore robusta, crescia na parede de um dos prédios da UFC, na avenida 13 de Maio.

Renato Abreu, que agora é visto na TV Assembléia, fez uma das coberturas mais fantásticas. Pena que eu não lembre o nome da planta. O interessante ressaltar que naquela manhã de sábado, que nada prometia, Nonato Albuquerque e Renato Abreu acordaram a Cidade e moveram inúmeras pessoas ao local.
Foi uma festa! Ouvintes ligavam dando sugestões; transeuntes sugeriam nomenclaturas mais diversas; motoristas até de coletivos paravam para observar. O clímax aconteceu quando um botânico, professor universitário, curioso pelo "barulho" ,nos descreveu o tal móvel da matéria.


Lamento mesmo não lembrar os nomes. Mas, repórter que é repórter realmente sabe despertar a atenção, o interesse pela vida. Nem que seja presa à uma parede.


Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno