terça-feira, outubro 20, 2009

Twitando


As redes sociais, sem dúvida, são essenciais. Aliás, foi tema de um congresso brasileiro reunindo assessores de órgãos públicos realizado em São Paulo em agosto. No Congresso houve destaque também para os programas que não são jornalísticos (Pânico, um deles) mas que estão na pauta dos assessores e assessorados.


O Twitter tomei conhecimento durante um curso promovido pelo Comunique-se, que nos falou da força que representa. Ok, fui voando conhecer, mas para ficar mais ou menos íntima levou algum tempo.


Agora, tenho que declarar: o que tem de gente que já deixei de seguir porque ocupa a minha tela (do micro) com comentários que só interessa a quem escreve...

Ufa, o que seria de nós sem o delete?



Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno