terça-feira, fevereiro 19, 2013

Sob a regência....

A minha vida foi regida pelo medo. Pensava estar sempre do lado de dentro da janela vendo a vida passar.

O quadrado retia a aventura que vinha de dentro e batia sempre na porta da consciência. O olhar não espreitava o final da rua que os órgãos não avistava.

Sempre dei ouvidos as batidas aceleradas do meu coração. O latejar do cérebro desapercebido tudo registrava. Nem sempre as somas eram divididas comigo. E, hoje, num "passar a limpo" das emoções, percebo que sempre estive na calçada dos sonhos, pisando forte no paralelepípedo da sorte.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno