domingo, setembro 17, 2006

Há 51 anos


A partir de hoje, entro na máquina do tempo e mostro o que ocorreu neste dia, há exatos 51 anos, meu tempo de vida atual.

Depois de me debruçar por alguns momentos sobre o computador, vi que no ano do meu nascimento, o exercício da enfermagem profissional passou a ser reconhecido oficialmente pelo presidente da República João Café Filho, um nordestino, natural de Natal, Rio Grande do Norte.

Foram períodos instáveis no país em que o jornalista (foi redator do Jornal A Manhã), defendia a garantia das liberdades públicas em meio à onda repressiva que se abateu no país após a derrota da Intentona Comunista.

Com o suicídio do Presidente Getúlio Vargas, assumiu o governo, cargo que foi obrigado a deixar por causa de problemas de saúde.

E eu, como já disse, alheia a tudo isso. Com poucos meses de vida, estava resguardada no seio da família, sem a menor idéia de que viveria as sequelas de movimentos nacionalistas.

Há quem ignore o passado alegando ser anti-saudosista. Engana-se porque somos parte dessa história. E para conhecermo-nos, precisamos conhecê-la.
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno