quinta-feira, janeiro 31, 2008

Carnavalescos


No período do carnaval há vários blocos que merecem atenção. Os loucos por folia que fazem qualquer coisa, desde pendurar jóias e fazer empréstimos bancários para garantir a "tranquilidade no carnaval" sem deixar nada faltar para não decepcionar o Rei Momo;

os que se enterram em casa, desligam rádio e alugam quilos de DVDs; os que fogem para lugares desconhecidos; os que passam o ano costurando fantasias alimentando a cultura carnavalesca.
Há também aqueles que não vêem a hora da quarta-feira chegar com todas as cinzas para aquecer a alma desolada pelo abandono.

E há aquelas mulheres da primeira viagem, digo do primeiro carnaval depois do sim na Igreja com toda a glória da promessa do amor. O marido, esqueceu algo no carro e sumiu! Depois de chorar cântaros, formar o bloco das enganadas, sai em busca - já disse que é marinheira de primeira viagem - do desaparecido que pode estar, - que Deus nos livre - estendido em alguma maca de hospital ou até, pior deus me livre sem idéia de onde encontrar.

É fácil lembrar e até citar situações antes embaraçosas, que hoje são engraçadas porque se a história se repetisse eu aconselharia: marido sumido em pleno carnaval? procura no Google, amiga!
Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno