sexta-feira, agosto 29, 2008

Michael Jackson

Michael Jackson completa 50 anos de idade. No arquivo do pensar vejo os seus pés, numa lepidez maravilhosa, conquistando o mundo, dançando diferente num ritmo envolvente. Nem importava o que dizia a letra, o corpo frenesia. Rendia-se ao apelo do astro.

O corpo peca porque a carne é fraca, diriam alguns, ignorando o que diz a alma. Por fora, Michael Jackson satisfazia a todos e ninguém pensava em socorrê-lo na sua intimidade. A luz da estrela no universo do palco ofusca. Seguidores do ídolo não percebem a dor do imo.


Hoje, ele volta às manchetes por conta do meio século terreno, sem informações de novos sucessos, de vendagens recordistas de albuns, mas com a triste lembrança do que mais lhe marcou. A pecha dos escândalos que alimentou a mídia mundial tem sido a sua marca.


É fácil aplaudir. É fácil vaiar, esquecer o brilho. É como já disse um ser consciente: o espelho não reflete a luz se estiver coberto de lama.

Postar um comentário

Obrigada pela visita

Espero seu retorno